Historia fétida fictiva

– Quando se trata de marginalização o problema tem que ser bem analisado. Devemos combater todo e qualquer tipo de crime – Disse o chefe de segurança Jon Buckerfield ao analisar o problema com pichações de um tradicional mini-mercado localizado num nobre bairro do estado do Técças.

George, o dono do estabelecimento, enfurecido mandou tomar qualquer providencia necessária para acabar com qualquer atividade marginal que pudesse ocorrer ao seu querido empreendimento. Mas o problema parecia não haver solução. Não importava o quanto fosse pintado e repintado seus muros sempre amanheciam pichados.
-QUERO O FIM DESSES FILHOS DE QUENGA! TEM IDEIA DO QUANTO JÁ ME FOI GASTO EM TINTAS POR CAUSA DESSES MARGINALZINHOS MALDITOS? ISSO É PIOR DO QUE PRAGA! QUERO ESSES CORNO MORTO!

Jon Buckerfield já havia tentado de tudo para solucionar o caso de maneira simples e econômica como havia sido proposto. Assim, não tardou a aparecer com a solução.

Jon chegando pela manhã para apresentar tal solução à George, bradou feliz e efusivamente:
– Veja agora com a instalação dessas câmeras de segurança acabaremos com o problema da pichasssssssss…

….sssssssssssssss

Ops!

– Bom… érrr… veja bem, pelomenos limitamos o espaço artístico!

Dito por vinixious

2 comentários sobre “Historia fétida fictiva

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s