Amy Winehouse Toda Cagada!

Até mesmo eu, que sempre falei bem da Amy aqui no blog e realmente gosto muito do som dela, odiei e se tivesse no local provavelmente teria ido embora!

Depois de 6 meses sem se apresentar e ter feito videos com filhotes de ratos junto com Peter Doherty do Babyshambles, ela se apresentou no Rock in Rio Lisboa nessa semana e ela ta parecendo uma velha caquetica que passou a vida toda se drogando… veja o filme da Edith Piaf, que no fim da vida lembra muito a situação da Amy.

Acredito que desse jeito ela não sobreviva por muito tempo.

.

Recomendo a quem for num show da Amy, a levar um ipod, mp3, o que for, com as musicas dela, pq você assiste ao show ao vivo, mas ouve como ela sempre deveria cantar!!! Mas isso só pra quando ela estiver totalmente travada ou podre como neste show!

.

Video da Amy no Rock in Rio Lisboa 2008 com “Tears dry on their own”

.

LEIA O QUE RAFA LOSSO DA MTV DISSE SOBRE ISSO E EU CONCORDO TOTALMENTE COM ELE!

Quando um artista iniciante define o rumo da sua obra, passa à História suas intenções, angústias e defeitos. Às vistas do sucesso comercial, vivencia a potencialização de tudo aquilo que impulsionou os primeiros passos de sua carreira.

Há aqueles que começam a cantar para fugir de seus problemas, e se atiram ao universo subjetivo da arte para curar as feridas da alma com os aplausos e a atenção do grande público.

Em nossa cultura ainda não conseguimos fornecer proteção suficente para aqueles que desenvolvem uma sensibilidade acima da média, mas não conseguem administrar seus próprios fantasmas depois que o show acaba. Para que possamos aprender sobre nós mesmos, incentivamos e cobramos a sinceridade suprema daqueles que escrevem letras e nos emocionam com o conteúdo das suas vivências. Mas ignoramos as pessoas atrás dos holofotes, aquelas que voltam para casa depois de expostas, esgotadas, sentindo-se humilhadas e em um estado extremamente vulnerável.

Amy Winehouse é uma artista completa em nossa concepção cultural. Suas músicas já viraram trilha sonora de nossos dias. Suas letras já foram incorporadas na maneira com que enxergamos o agora. Mas está sem condições de continuar. As imagens do show que fez na última sexta-feira, frente às 90.000 pessoas do Rock in Rio Lisboa, formam um pedido por socorro, não o primeiro ou o último. Como tantos outros antes, é um pedido claro, estridente, feio. Tão incômodo que a maioria prefere ignorá-lo, como se fosse parte do espetáculo, um truque para emocionar os mais suscetíveis.

E a história de Amy Winehouse tem um agravante trágico: a cantora não assume a posição de vítima. Em coerência com as suas letras, insinua que está tudo sobre controle, e que o estilo de vida que vive é o que escolheu. Isenta a coletividade da responsabilidade que tem. Põe os calçados do mártir, como se outro caminho não existisse para a imortalização de uma obra.

E não sabemos o quê fazer com ela. Enquanto não soubermos, melhor seria se Amy Winehouse ficasse em casa, longe daqueles que formam uma verdadeira ameaça para sua vida. Nós.

COPIADO DE http://mtv.uol.com.br/drops/drops.php?id=38401

Um comentário sobre “Amy Winehouse Toda Cagada!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s